Blog

Confira toda semana novas postagens sobre Saúde Mental!

Depressão não é frescura!

Depressão não é frescura: Saiba mais!

A depressão é uma doença que atinge milhões de pessoas no mundo inteiro. Muitas pessoas ainda a consideram como frescura ou preguiça, mas a depressão é um quadro clínico que pode afetar  vários aspectos da vida do indivíduo.

É uma doença da mente e do corpo que se caracteriza por afetar o estado de humor da pessoa, deixando-a com um predomínio anormal de tristeza e diminuição de sua energia. Qualquer pessoa pode ser acometida.

Temos um péssimo hábito na maioria das vezes de julgar os outros por seus defeitos e fraquezas, mas como seres humanos temos que ter a sensibilidade de aceitar o outro como ele é, sem muitas cobranças. Quando exijo do outro que ele esteja bem e disposto o tempo todo, estou tirando dele o direito de se sentir triste e de se permitir sentir.

É preciso deixar que o outro fale dos seus sentimentos sem julgá-lo, estendendo as mãos para ampará-lo quando precisar.

A depressão é uma doença que deixa o indivíduo muito frágil e vulnerável, portanto, todo apoio e compreensão são essenciais para a melhora de quem sofre com essa doença.

 

Quais os principais sintomas da depressão?

 

Quais os principais sintomas da depressão?

 

De acordo com o DSM V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), os principais sintomas da depressão são:

  • Humor deprimido na maioria dos dias, quase todos os dias
  • Acentuada diminuição do prazer ou interesse em todas ou quase todas as atividades na maior parte do dia
  • Perda ou ganho de peso acentuado sem estar em dieta ou aumento ou diminuição de apetite quase todos os dias
  • Insônia ou hipersônia quase todos os dias
  • Agitação ou retardo psicomotor quase todos os dias
  • Fadiga e perda de energia quase todos os dias
  • Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada (que pode ser delirante)
  • Capacidade diminuída de pensar ou concentrar-se ou indecisão, quase todos os dias (por relato subjetivo ou observação feita por outros)
  • Pensamentos de morte recorrentes (não apenas medo de morrer), ideação suicida recorrente sem um plano específico, ou tentativa de suicídio ou plano específico de cometer suicídio

 

Os sintomas podem incluir sentimentos de tristeza intensa, reflexão excessiva sobre a perda, insônia, falta de apetite e perda de peso.

 

A depressão e o suicídio

 

A depressão e o suicídio

Na depressão o indivíduo pode ter pensamentos suicidas e se não procurar ajuda pode concretizar esse pensamento.

Algumas expressões como: ” As pessoas ficariam melhor sem mim, ” Minha vida não tem mais sentido”, ” Eu não sirvo pra nada”, ” Ninguém gosta de mim, sou um lixo”; são indicadores de pessoas que possivelmente podem cometer suicídio.

Vivem o presente sem um mínimo de esperança, e as perspetivas de futuro encontram-se dominadas por sentimentos negativos.

É  preciso que os amigos e familiares levem a sério qualquer evidência de um possível suicídio. Algumas pessoas acham que é ameaça sem fundamento e quando vêem já é tarde demais para fazer algo.

Se alguém lhe falou sobre pensamentos suicidas, discuta sobre o problema e escute o que a pessoa tem para falar, às vezes desabafar é tudo que ela precisava.

Se você se sente deprimido, não tente enfrentar sozinho a situação, procure ajuda de um psicólogo.

Não guarde tudo para você, a vida não precisa ser tão pesada. Sei que às vezes tudo parece muito difícil, mas com a ajuda de um profissional e das pessoas que você ama, tudo pode melhorar.

Acredite, sua causa não é perdida, você apenas está perdido no meio de tantos problemas.

Várias pessoas comentem suicídio por causa da depressão e são julgadas como fracas. Ao invés de julgar, vamos ter mais empatia pelo próximo.

 

Prevenção

 

Prevenção da Depressão

 

A prevenção da depressão pode ser feita com algumas medidas:

  • Exercícios físicos diários se possível
  • Técnicas de relaxamento
  • Rituais religiosos e religiosidade
  • Arte-terapia
  • Lazer
  • Qualidade de sono
  • Alimentação saudável e balanceada
  • Prevenção e cuidados de outras doenças físicas, se existirem

 

A psicoterapia no tratamento da depressão

 

A psicoterapia no tratamento da depressão

 

A psicoterapia ajuda a diminuir as dificuldades emocionais, estimulando o auto-conhecimento e a resolução de conflitos internos da pessoa. Somente a psicoterapia pode ser suficiente para tratar casos de depressão leve.  O acompanhamento psiquiátrico se faz necessário em alguns casos também.

O tratamento psicológico ajuda no aumento da auto estima, na redução de crenças disfuncionais que fazem o indivíduo ter pensamentos negativos sobre si e sobre os outros.

Em suma, o objetivo da terapia é auxiliar a pessoa a identificar e modificar as crenças e comportamentos que produzem esses estados de humor e aprender novas formas de lidar com os problemas. Além disso, a terapia também é um excelente meio para auxiliar na retomada das atividades e na reintegração social.

Existem fatores internos  e externos que podem contribuir com o agravamento da doença, tais como:

  • neurotransmissores alterados,
  • fatores genéticos,
  • doenças crônicas,
  • acúmulo de estresse
  • Eventos traumáticos na infância ou mesmo vida adulta
  • Abuso de substâncias, como álcool, cigarro e drogas ilícitas
  • Medicamentos e seus efeitos colaterais
  • Acúmulo de estresse
  • Perdas
  • Relacionamentos abusivos

 

Portanto, seja gentil! Dê um bom dia, um abraço ou um ombro amigo. Um dia você pode precisar disso também!

Quer saber mais sobre mim?

Tem alguma dúvida, ou quer agendar uma consulta? Estou à disposição!

 

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compulsão alimentar

Compulsão Alimentar

A compulsão alimentar não é a mesma coisa que comer em excesso. Trata-se de quando a pessoa perde o controle e não …

Amor Próprio

Amor próprio: Qual o segredo?

Tantas pessoas falam de amor próprio, mas afinal, o que é isso? Amor próprio é o amor que as pessoas tem por si mesmas. …

Esgotamento Emocional

Esgotamento emocional: O que é isso?

Você já se sentiu esgotado emocionalmente? O esgotamento emocional é uma experiência na qual a pessoa está tão cansada …